quinta-feira, 14 de novembro de 2013

Silêncio

Não sou muito de divulgar publicamente sentimentos mais pessoais, mas ontem, no carro em viagem, ouvi uma música e, sem que eu saiba porquê, parte da letra ficou-me cá dentro.
Aqui vai:

Às vezes o silêncio é de ouro
Outras de prata
Umas de chumbo
E por vezes mata

 ( in O teu murmúrio, by O'questrada)