terça-feira, 2 de julho de 2013

Mosteiro de São Bento

Olinda - Brasil

5 comentários:

  1. Este comentário foi removido pelo autor.

    ResponderEliminar
  2. Um dos mais belos conjuntos arquitetônicos barroco, do Brasil.
    É uma louvação à parte, ouvir os monges beneditinos, apresentarem os cânticos gregorianos; ou, em pleno carnaval, uma festa tão pagã, um bloco carnavalesco ( Bloco da Saudade), recebe as bênçãos nesse pátio.
    Deves ter entrado e apreciado o altar-mor, em madeira todo revestido em ouro, pois não? Em 2001, ele foi a peça central da exposição "Brazil: Body & Soul", em Nova Iorque, no Museu Guggenheim, que reuniu por volta de 400 obras representativas de todos os períodos da arte brasileira desde o barroco.

    Jorge, sua apurada sensibilidade está explícita nessa extraordinária foto, com sua técnica inquestionável!
    Sinto-me tão contemplada, pois se trata da minha cidade, e vista tão lindamente também por ti, estou imensamente grata!

    ;))

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Eu é estou muito, muito grato pelas visitas e pelos muitos comentários deixados quer aqui no .Blog quer no Chaminé Algarvia.
      Vou contar-te uma pequena história:
      Nos anos 70, ainda antes da época da internet e do desenvolvimento dos computadores pessoais, eu fui radio-amador. Falávamos com todo o mundo em onda curta e havia concursos. Eu fui dos poucos portugueses que conseguiu ganhar um concurso organizado por colegas daí e ainda guardo o meu "Diploma Cidade de Olinda - A Cidade Mais Portuguesa do Brasil". Nessa altura disse a mim mesmo que um dia iria conhecer esse lugar e fui em 2004. Espero ainda voltar um dia.
      Muito obrigado, mais uma vez.

      Eliminar
    2. Este comentário foi removido pelo autor.

      Eliminar
  3. Ahh, eu ia gostar de ver esse diploma tão importante e raro, rs.
    (Fiquei tentada a perguntar os nomes das pessoas, quem sabe eu não conheça alguns deles? Em Olinda, todo mundo conhece todo mundo).

    Somos nós quem agradecemos as suas belas publicações, hoje particularmente emocionante para mim, ver assim, minha bucólica e ao mesmo tempo cosmopolita
    Olinda, essa contradição que se equilibra entre o provinciano & o moderno (temos aqui a maior concentração de artistas plásticos por m2 da América do Sul
    em cada casa é um atelier... O melhor daqui é sair por aí, sem preocupação de guia, mas como um "flaneur", um local.

    Espero que voltes sim, e registre mais imagens belas como essas (e outras que só um morador conhece, rs), e lhe convido para um café, no "Alto da Sé".

    ;))

    ResponderEliminar

Obrigado pela visita. Agradeço o seu comentário.