terça-feira, 16 de julho de 2013

Ancoradouro

São Tomé e Príncipe

8 comentários:

  1. Aterrei uma vez em S. Tomé, em escala técnica e era noite escura. Nem da aerogare saí...
    Fica para outra encarnação !
    Gostava de conhecer.
    E esta sua imagem ainda mais me despertou esse interesse.

    Um abraço.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Vá e não deixe a câmara no Porto. Mas prepare-se para viver África. Obrigado pela visita

      Eliminar
  2. Jorge, de repente, pensei ver o Cavaco a regressar das Selvagens...
    Abraço
    G.J.

    ResponderEliminar

  3. Mais uma vez!

    A foto é linda.

    No passado não era propriamente este tipo de barco que flutuava naquelas águas.

    Eram os chamados "Gasolinas" que tinham um cheiro tão intenso, tão intenso, que matavam qualquer pessoa com sinusite.

    Que iam e vinham, conforme chegavam os grandes navios que tinham que ficar longe da costa.

    Cumprimentos,

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Estive mais do que uma vez, na minha juventude, ao largo de S. Tomé mas nunca desci porque minha mãe tinha medo.
      Agora sim, adorei e, se deus me der vida e saúde, voltarei.
      Obrigado pela visita e comentário.

      Eliminar
  4. Gostei do seu blog,
    aguardo sua visita
    abraço Leila

    ResponderEliminar
  5. Quantos paraísos mais as suas lentes nos trarão? É possível sentir o frescor da água!

    ;))

    ResponderEliminar

Obrigado pela visita. Agradeço o seu comentário.