domingo, 24 de fevereiro de 2013

Cuidado com a língua



Vem isto a propósito do texto da manchete do semanário Barlavento, que reproduzo.


Infelizmente, asneiras como esta (e não são gralhas) tornam-se cada vez mais frequentes na nossa comunicação social.

Há tempos, aquando do tornado aqui no Algarve, a jornalista da RTP dizia, repetidamente, que ele, vindo do mar, tinha entrado em terra por "Cabo Carvoeiro". Minutos depois de um email meu a chamar a atenção para a asneira, recebi uma resposta simpática da directora de informação de serviço e o erro foi corrigido.

Há dias atrás ouvi, também na RTP, uma jornalista dizer que a resignação do Papa se deveria a "lutas intestinais" no seio da Igreja.

Não será altura de obrigar alguns dos nossos jornalistas a fazerem uma reciclagem de português ???

1 comentário:

  1. Jornalista que sabiam o que escreviam...???
    Foram todos despedidos!!!
    Abç
    G.J.

    ResponderEliminar

Obrigado pela visita. Agradeço o seu comentário.