sexta-feira, 30 de Dezembro de 2011

Algarve é de longe a região mais atingida pela crise na Construção

O Algarve é a região mais fustigada pela crise no sector da Construção, como comprovam os dados da conjuntura regional da AECOPS (Associação das Empresas de Construção, Obras Públicas e Serviços) relativa aos primeiros dez meses do corrente ano e os resultados pré-provisórios do Censos 2011.

Segundo aquela entidade, a queda abrupta no licenciamento de novos fogos habitacionais no Sul do País é de -61,8% e os resultados preliminares do Censos 2011, agora divulgados, revelam que o número de casas vagas subiu 92,4% no Algarve ao longo dos últimos dez anos.

Paralelamente, o número de desempregados oriundos da Construção e inscritos nos centros de emprego tem vindo a assumir uma parcela muito significativa no desemprego total, com os 71,2 mil desempregados da construção, inscritos no final de Setembro, a representarem 14% do total de desempregados registados no total do país.

Os documentos completos podem ser vistos aqui e aqui.


Sem comentários:

Enviar um comentário