domingo, 22 de maio de 2011

PS paga apoio com refeições a imigrantes

Seguem José Sócrates para todo o lado, de norte a sul do País, em autocarros pagos pelo PS.
Depois são usados para compor os comícios, agitar bandeiras, e puxar pelo partido, apesar de muitos deles não perceberem uma palavra de português e não poderem votar.
Em troca têm refeições grátis.
Trata-se de imigrantes provenientes da Índia e Paquistão, trabalhadores nas lojas do Martim Moniz, Lisboa, e na construção civil.
Estiveram com José Sócrates em Beja, Coimbra e no comício de ontem em Évora, onde deram nas vistas ao exibir os seus turbantes.
Até à porta da RTP, no dia do debate com Passos Coelho, realizado na sexta-feira, estiveram de bandeiras em punho. 
As bancadas improvisadas na praça do Giraldo, em Évora, tiveram mais de 150 imigrantes.
Leia a notícia completa do Correio da Manhã aqui. 

(Foto Correio da Manhã) 
(Fontes: Educação do meu umbigo e Correio da Manhã)

Na SIC entrevistaram um “apoiante” de PS, em Évora, que tinha vindo de Lisboa a convite da embaixada de… Moçambique! Isso eu ouvi. Ouçam também neste vídeo da SIC.


3 comentários:

  1. Eu também ouvi esta informação!!
    É uma vergonha!! Voltamos ao antigamente, quando eram fretados autocarros para irem aplaudir, fosse Salazar ou Américo Tomaz, por onde quer que eles andassem!! Em vez de evoluirmos, regredimos!!

    "Temos pena"

    Boa Jorge, toca a divulgar!! :)))

    ResponderEliminar
  2. Que vergonha, ao ponto que isto chegou, parece que alguns políticos tem como livro de cabeceira o "Príncipe" do Maquiavel...

    Jorge passe lá pelo blog há um prémio ;-)

    ResponderEliminar

Obrigado pela visita. Agradeço o seu comentário.