segunda-feira, 31 de agosto de 2009

Forte de Almádena

O Forte de São Luís de Almádena (Concelho de Vila do Bispo - Algarve - Portugal) data do ano 1632, do reinado de Filipe III.

Foi mandada construir esta importante fortaleza por D. Luís da Sousa, Conde do Prado, Capitão General do Algarve, então Governador do Reino do Algarve. Muito contribuiu para a sua construção o napolitano ao serviço de Portugal Alexandre Massay por carta régia de 30 de Julho de 1619, não se chegando a sua concretização por este ter adoecido.

No Museu Municipal de Lagos encontra-se uma lápide proveniente desta fortaleza com os seguintes dizeres: "Reinando Felipe III governando este Reino D. Luís de Sousa, Conde do Prado fez a sua custa esta fortaleza dedicada a S. Luís. Confessor era de 1632".

Dispunha este forte em 1754 de três peças de artilharia activas, duas de bronze de calibre 16, uma de ferro de calibre 6 e uma de ferro inoperante. (C. P. Callixto). Tinha o quartel quatro a seis soldados.

O terramoto de 1 de Novembro de 1755 não causou estragos consideráveis sendo, segundo informações do Pároco de Budens (1758), de apenas 80.000 réis a quantia para a reparação. Tem este forte uma área de 10 250 m2.

Desde 1849, altura da retirada dos soldados do Regimento 15, a fortaleza de S. Luís tem estado ao abandono.

Julga-se, embora sem convicção, que este forte esta construído sobre um templo romano e uma mesquita muçulmana.

Como se pode verificar por estes dois registos, está em completa degradação.





2 comentários:

  1. Mal tratado, ou não tratado, ou desgastado sem amor, numa herança centenária!
    Falta o IPAR intervir...e torná-lo um ponto de visita no nosso tão belo país!

    ResponderEliminar
  2. Que pena um local com todo este historial estar assim votado ao abandono.

    Ficam as excelentes fotos para os arquivos.

    ResponderEliminar

Obrigado pela visita. Agradeço o seu comentário.