quarta-feira, 8 de abril de 2009

Ruína


6 comentários:

  1. Num traço de avião, desvendo o teu rosto,
    Rosto de nuvem em céu azul, luz do infinito…
    Infinito desfasamento de Poalhas em fundo fosco,
    Fosco cálice vazio que cala a voz de um grito!

    Grito queimado nas cinzas de um cinzeiro,
    Cinzeiro apagado de um quarto de hotel perdido…
    Perdido por um ardente amor, enamorado por inteiro!
    Inteiro o calor de um corço que arde consumido.

    Que nesta Páscoa receba muitas bênçãos,
    Que esta passagem lhe traga
    Muito amor, saúde, paz e esperança…
    Por ser uma pessoa especial,
    Lhe desejo…

    Uma FELIZ PÁSCOA!
    Bem-haja!

    O eterno abraço…

    -MANZAS-

    ResponderEliminar
  2. Este tom ficou muito bem, Jorge!

    Um abraço.

    ResponderEliminar
  3. Amigo Jorge
    Fez muito bem!
    Esta ruína fica melhor com um touqe de velho!
    Parabéns meu amigo
    Abç
    G.J.

    ResponderEliminar
  4. manzas
    João Menéres
    Gaspar de Jesus
    Obrigado pelas visita, comentários e ensinamentos

    ResponderEliminar
  5. Jorge, linda foto. Gostei de como a compos, faz sentir um ar de passado.

    Eu lhe desejo uma boa Páscoa!

    Bjs

    ResponderEliminar

Obrigado pela visita. Agradeço o seu comentário.