segunda-feira, 2 de março de 2009

Medina Carreira - A Grande Porca


Henrique Medina Carreira (Bissau, 14 de Janeiro de 1931) é um ilustre fiscalista e político português.

Bacharel em Engenharia Mecânica, iniciou a sua vida profissional como técnico fabril de fundição de aço. Mais tarde licenciou-se em Ciências Pedagógicas, em 1954 e em Direito, em 1962, na Universidade de Lisboa. Frequentou ainda o curso de Economia no Instituto Superior de Economia e Gestão. Dedicou-se à advocacia, à consultoria em empresas e à docência universitária, a última das quais exercida no Instituto Superior de Gestão, no Instituto Superior de Ciências do Trabalho e da Empresa e no Instituto Estudos Superiores Financeiros e Fiscais.

No plano político, exerceu o cargo de Subsecretário de Estado do Orçamento, durante o VI Governo Provisório (1975-1976), o qual deixou de exercer para assumir, logo de seguida, as funções de Ministro das Finanças do I Governo Constitucional (1976-1978) que teve Mário Soares como Primeiro Ministro. Em 1978 abandona o Partido Socialista, por divergências quanto à política económica adoptada pelo partido no poder.

Nos últimos anos tem sido um grande crítico das finanças públicas portuguesas relativamente ao endividamento e despesa pública e à actual carga fiscal portuguesa. Também tem criticado a situação actual da educação, justiça e inexistência de políticas contra a corrupção. Referindo-se à dívida externa portuguesa Medina Ferreira afirma que "nos últimos 10 anos a dívida portuguesa têm aumentado diariamente 48 milhões de euros". (Fonte: Wikipédia)

Ouçamos o que ele tem para nos dizer sobre a actual situação política portuguesa:



Vídeo SIC