quinta-feira, 22 de janeiro de 2009

Mentiras, negligências e incompetências


Ventura Leite, deputado do Partido Socialista e autor do relatório parlamentar sobre acompanhamento dos processos das contrapartidas, lançou ontem um apelo ao primeiro-ministro para que chame a si o controlo dos processos de construção do TGV e do novo aeroporto de Lisboa (NAL).

Pede que José Sócrates não os deixe à responsabilidade do ministro das Obras Públicas, Transportes e Comunicações, Mário Lino. Isto porque, justificou ao PÚBLICO, Mário Lino revelou "manifesta negligência" na gestão do processo de aquisição dos novos aviões da TAP, dado o "desperdício de oportunidades" de obter compensações para a indústria portuguesa num negócio que ascendeu a 2,5 mil milhões de euros.

O deputado disse que "tem que haver outras causas para essa negligência, para além da inexperiência. Há no mínimo falta de vontade política e é preciso saber se esta aproveita a alguém.".

O ministro das Obras Públicas, Mário Lino, garantiu diversas vezes, nos últimos dias, que empresas portuguesas viram os seus negócios aumentar por via de condições negociadas no âmbito da operação de compra da nova frota Airbus, pela TAP, em 2005 e 2007.

Será que o Ministro Mário Lino ainda tem condições para continuar ?

Claro que o Primeiro-Ministro vai ficar caladinho, como sempre. Ou não ?

3 comentários:

  1. O silêncio, creio, vai ser a resposta.
    O descrédito já é tanto que esperar alguma reacção sensata é pura imaginação. De que estará este povo à espera para pôr cobro a todo este estado de coisas?
    Bjo,

    Milouska

    ResponderEliminar
  2. Para onde vai ser desviado o Ventura Leite?
    Que desfortuna...

    ResponderEliminar
  3. Jorge
    O "simpático" LINO tem o Sócrates na mão!
    Sim o P.M. vai fazer de morto neste caso também.
    Abç
    G.J.

    ResponderEliminar

Obrigado pela visita. Agradeço o seu comentário.