segunda-feira, 15 de dezembro de 2008

Sócrates confessa


O primeiro-ministro, José Sócrates, afirmou hoje que 2009 será um ano de "tempos difíceis", que exigem "o melhor de todos, empresários e administração pública". (Fonte: Público)

Até que enfim !!!

Depois de tantas mentiras... já não consegue esconder o que todos sabíamos.

6 comentários:

  1. Caro Jorge
    Este mentiroso compulsivo!!!
    Agora está um pouquinho mudado, e fala ao coração das pessoas, pois a nossa memória colectiva não dura mais que quatro breves mesitos...
    Mas se o "Sinhor Inginheiro" alcançar nova maioria absoluta, voltará a mentir.
    Grande Abraço
    G.J.

    ResponderEliminar
  2. Gaspar
    Esperemos que não... nem me fale nisso (rs)

    ResponderEliminar
  3. Eu acho que esta gente não esconde as crises ou problemas do país, pura e simplesmente não a sentem da mesma forma que aqui o "Zé Povinho".

    Então vamos lá vêr, se uma pessoa ganhar 800 € de ordenado por mês e de repente com os aumentos de gazóleo+renda+compras+água+luz ultrupassar os 200 €, obviamente que se instala uma crise.

    Mas se uma pessoa ganha 15.000 € de ordenado por mês, menos 200 € nem sente a diferença e obviamente não há crise.

    É daquelas coisas que é dificil explicar a quem não sente e deputados, ministro e afins, não sentem e nem sabem o que é lutar para tér €€ para comprar pão no fim do mês.

    E isto é a realidade dos nossos governantes que muitas vezes são filhos de politicos a quem nunca nada lhes faltou.

    ResponderEliminar
  4. Infelizmente a memória do povo é curta e pelo que vejo na tua terra também não é mesmo?
    Passando pra te deixar um beijo e o desejo que teu dia seja maravilhoso!

    ResponderEliminar
  5. Não seria possível alguém mandar-lhe uma sapatada, a ver se ele acorda para o nosso mundo? :D

    o meu blog

    ResponderEliminar
  6. Jorge, vcs vão bem melhor que nós. Para o Lula até agora, não existe crise. Azar o nosso.

    abraço

    ResponderEliminar

Obrigado pela visita. Agradeço o seu comentário.