terça-feira, 30 de dezembro de 2008

Saindo para a pesca



Rio Arade - Portimão - Algarve - Portugal

9 comentários:

  1. Amigo Jorge

    Não te conheço, senão através do teu blogue Blog de que gostei muitíssimo. Permite-me, entretanto, que te trate assim, desinibidamente. Sou muito irreverente e brincalhão, apesar dos meus 67 anos e 132,87 quilitos. Enfim, coisas...

    Mas, estou tão contente de te dar a conhecer este evento, que te informo do que se segue. Gostaria que comentasses no meu www.aminhatravessadoferreira.blogspot.com. Agradeço-te. E, se quiseres seguir o meu blogue também te deixo o meu muito obrigado. Vou fazer o mesmo com o teu, se tal for possível. Combinado?
    Meu imeile ou imilio: hantferreira@gmail.com. Espero por ti num ou noutro lado.

    E, já agora, desejo que tivesses tido um Bom Natal e entres em 2009 preparado para a crise…

    Olá!

    Que desgraça! Cumpro hoje (26/12) 45 anos de prisão – e sempre com a mesma mulher, Raquel!!!!!!!!! Ainda não sei como consegui chegar até aqui... O problema é que não posso divorciar-me, pois perdia os bilhetes grátis da TAP… O facto é que a minha querida esposa é reformada dos Transportes Aéreos Portugueses e é ela que pede os bilhetes para nós dois…

    !Hola!!
    ¡Qué desgracia! ¡Cumplo hoy mismo (26/12) 45 años de cárcel – y siempre con la misma mujer, Raquel!!!!! Todavía no sé como conseguí llegar hasta aquí… El problema es que no puedo divorciarme, pues iba a perder los billetes gratis de TAP… El hecho es que es mi querida esposa es jubilada de los Transportes Aéreos Portugueses y ella es la que pide los billetes para nosotros los dos…

    Hello!

    What a misfortune! Today (26/12) I fulfil 45 years under arrest – and always with the same wife, Raquel!!!!! Until now I can’t understand how I could arrive here... The trouble is I can’t divorce otherwise I would lost my free tickets in TAP... In fact, my dear spouse is retired from Transportes Aéreos Portugueses and she is who asks free tickets for us... the both.

    Henrique, o Penitente
    Enrique, el Penitente
    Henry, the Penintent

    ResponderEliminar
  2. ADENDA

    Olha, Doc

    Voltei ao ataque para te dizer que em 15 de Abril, na fnac do Colombo, aqui na lísbia cidade, lancei o meu primeiro livro de ficção: «Morte na Picada».

    São contos da guerra colonial em Angola (1966/68) em que, infelizmente, participei como oficial miliciano.

    Penso que pelos Algarves ainda há dele alguns. Pelo menos, em Setembro, havia - em Albufeira, onde há tudo e de tudo, como na botica.

    Fica feita a sugestão: sil us plau (sff em català vernáculo...)compra, lê e recomenda a quem melhor aches - se gostares, claro cumo binho tinto.

    Os €€€€ estão cada vez mais caros... e raros...

    Obg e + abs

    ResponderEliminar
  3. Esta sua foto é um tanto estranha...
    Explico o que quero dizer: Um só tripulante na embarcação à vela .
    Acho que não é de pesca actualmente.
    Tentei ler o nome da embarcação mas não consegui.
    E não me lembro dela por ali.
    Mas que o Jorge a fotografou nestas condições, ah, isso é verdade!

    ResponderEliminar
  4. Querido Amigo, a foto é belíssima, no enquadramento de encantar... Um grande abraço de carinho,
    Fernandinha

    ResponderEliminar
  5. Jorge,

    este ano acabou. Desejo um ótimo 2009!

    Forte abrtaço

    ResponderEliminar
  6. Poxa, mas pescar aí é um deleite para os olhos, eu acho que nem pescaria na realidade, ficaria de bobeira dentro do barco, admirando a paisagem. : )
    Amigão, um FELIZ ANO NOVO pra vc tb, com tudo de melhor que a vida possa proporcionar.
    Beijo carinhoso!

    ResponderEliminar
  7. Obrigado pelo desejo de bom 2009! Tenha também uma tranqüila (por enquanto com trema) passagem de ano! Até 2009!

    Abraços!

    ResponderEliminar
  8. Chamar barco de pesca, deve ser marinheiro do Junbo

    ResponderEliminar

Obrigado pela visita. Agradeço o seu comentário.