segunda-feira, 8 de dezembro de 2008

Interlúdio com Florbela Espanca - Blogagem Colectiva




Quando me propus colaborar nesta blogagem colectiva não esperava encontrar o panorama com que me deparei: a imensa quantidade de admiradores da poetisa portuguesa, no Brasil.
Por isso que escrever ? Valerá a pena se a maioria dos leitores do meu blogue são brasileiros e a conhecem tão bem ? Biografia ? Para quê ? Análise literária ? Não sou crítico da matéria ? Então encontrei o vídeo. Não editado no Brasil. O vídeo que liga Florbela ao país irmão pela música, pela voz, pela melodia do sotaque.

Joanna - Perdidamente

9 comentários:

  1. Que bela homenagem você fez à esta poetisa amada por tantos meu amigo!
    Lindo este poema na voz de Joana...adorei!
    A Blogosfera hoje está muito mais bonita e perfumada, exalando Flor...bela por todos os poros!
    Um grande beijo e ótima semana pra você meu querido.

    ResponderEliminar
  2. Parece que todos nos lembramos da mesma coisa rssss
    Parabéns gostei muito. É sempre um poema lindo e cantado ainda mais.
    Abraços

    ResponderEliminar
  3. Não sei se é porque sou formada em Letras e estudei Florbela em Literatura Portuguesa, mas conheço muito esta poetisa e adoro a sensibilidade que ela expõe nas suas poesias. Tem vida, tem sentimento, emoção, reflexão...
    Ela deve ser, acredito, muito conhecida aqui no Brasil. Abçs!

    ResponderEliminar
  4. Jorge, nao cosegui ver o video, ele nao abriu.

    Nós brasileiros a conhecemos muito bem e a amamos. Amamos tudo o que ela escreveu.

    Um grande abraco

    ResponderEliminar
  5. Bom dia, meus queridos!

    Chegamos ao grande dia da Blogagem em homenagem a Florbela Espanca.

    Tanto ansiei por este dia, e eis que, por caprichos do acaso, desde sábado estou com problemas sérios de conexão, e hoje estou aqui graças ao PC de uma Lan House... Cheia de vontade de ler os seus posts, que tão carinhosamente estão sendo publicados, mas por hora impossibilitada... A presença do técnico está marcada para hoje às 16.00 h. Espero que tudo volte ao normal para que possa, além de me deliciar com as suas postagens, publicá-las no Interlúdio com Florbela, como uma pequena forma de agradecer pelo carinho de vocês... Conto com a compreensão de todos... Beijos!

    Flor ♥

    ResponderEliminar
  6. "Florbela é a flor maior da poesia romântica,
    é o sofrimento em versos de um soneto
    é o amanhecer mais belo de um encanto
    é aquela que se perdeu pra se encontrar."
    (Lustato)


    Beijos!

    ResponderEliminar
  7. Belo. Acho interessante como a música e a poesia são elementos tão próximos, praticamente se tocam de uma forma sublime. Abraços meus

    ResponderEliminar
  8. *****

    Vim conhecer seu espaço e deixar um abraço! Gostei muito!
    Linda homenagem à amada poetisa!
    Também participei com meus blogs. Ontem devido congestionamento não consegui visitar os blogs participantes da Blogagem Coletiva, que foi um sucesso!
    Tenha uma ótima semana!

    Sintonias do Coração

    ETERNOS SONHARES

    Coisas da Helô ©


    *****

    ResponderEliminar
  9. Boa tarde! Sigo visitando os blogs participantes da blogagem coletiva.

    Quem diria? Joana canta uma versão que me foi apresentada por um amigo na voz de Luís Represas do poema que eu, poeta que pretendo ser, escolhi para homenagear Florbela.

    Isto é o que eu chamo de uma corrente do bem! Como é que se poderia chamar uma iniciativa que enche de poesia a blogosfera? Aqui está uma excelente oportunidade para que todos conheçam um pouco mais sobre a genial Florbela Espanca.

    Eis um trecho de "Ser poeta", de Florbela:

    "Ser poeta é ser mais alto, é ser maior
    Do que os homens! Morder como quem beija!
    É ser mendigo e dar como quem seja
    Rei do Reino de Aquém e de Além Dor!"

    Parabéns a todos que estão participando!

    Sensata Paranóia

    ResponderEliminar

Obrigado pela visita. Agradeço o seu comentário.