terça-feira, 18 de novembro de 2008

Pura demagogia, puro eleitoralismo


No passado dia 12 de Novembro, o primeiro-ministro José Sócrates deslocou-se a Ponte de Lima para inaugurar duas escolas e entregar Magalhães aos 185 alunos da Escola do Freixo e 74 aos alunos de Refóios.

A distribuição foi feita pelo próprio José Sócrates e os miúdos não esconderam a sua alegria.

O que só ontem se veio a saber foi que, depois da comunicação social ter registado o momento e os governantes se terem ido embora, os alunos tiveram que devolver os computadores que tinham recebido.


O presidente da Câmara de Ponte de Lima confirmou ao JN que a entrega foi uma "experiência" para os jovens "se familiarizarem com os computadores" e que os alunos estavam devidamente avisados que não iriam ficar com eles para já.

Segundo Daniel Campelo, os 259 computadores estão nas instalações das escolas à espera das necessárias formalidades e do pagamento para serem entregues. O autarca confessa que no dia não se apercebeu de nada de anormal e que "não acha mal nenhum" na iniciativa.


O JN contactou o gabinete do primeiro-ministro que afirmou desconhecer por completo a situação, salientando que não teve qualquer papel na organização da cerimónia, cabendo a mesma ao Ministério da Educação. (Fonte:
Jornal de Notícias)


Mais uma socrática iniciativa de propaganda. Vamos começar a assistir a elas. As eleições estão à porta. E nisso, temos que concordar, o nosso Primeiro-Ministro sempre foi bom.
Mas lembremos aquele provérbio popular que diz: " É mais fácil apanhar um mentiroso do que um coxo !!! ".


4 comentários:

  1. Se não fosse dramático até dava para rir. Deste senhor nada me surpreende. Quem falsifica um diploma é capaz de tudo.
    Sinto-me triste e responsável, o meu voto contribuiu para esta maioria. As próximas eleições serão as primeiras em que não voto PS.

    Abraço

    ResponderEliminar
  2. INFORMAÇÃO CENSURADA vs INFORMAÇÃO MANIPULADA

    Notícia da LUSA, 2008.10.15 (Pedro Duarte):
    “Sócrates chega atrasado ao Conselho Europeu por ter viajado em avião comercial.
    O Primeiro Ministro, José Sócrates, chegou hoje com cerca de uma hora de atraso à Cimeira de Chefes de Estado e de Governo da União Europeia, em Bruxelas, tendo explicado a ocorrência pelo facto de ter utilizado um “voo comercial” para se deslocar à capital belga, e não um avião estatal.”

    Esta notícia foi divulgada por todos os media (é para isso que serve a LUSA). José Sócrates fez questão de aparecer como o político diligente e poupado que viaja em voos “regulares” não se esbanjando em aviões Falcon como os seus antecessores.

    Desta forma José Sócrates e a LUSA transferiram o ónus do atraso para outrem (para o voo regular não se sabe de que companhia) e transformou um facto negativo (chegou atrasado) num facto positivo (graças ao incómodo suportado poupou dinheiro ao país).

    Habilidades!

    Poucos media divulgaram o resto dos factos: O voo chegou à hora marcada e o Ministro dos Negócios Estrangeiros, que seguia no mesmo avião, chegou a horas ao encontro.

    São estas as verdades a que o Governo nos habituou. É com estas manipulações que se ganham os votos dos eleitores que ainda querem acreditar nos partidos políticos.

    ResponderEliminar
  3. Olá, Amigo. Gosto de ver sua iniciativa de defender a educação. Sem isso não se liberta uma mente.

    Deixei um presente para você no post de hoje do Fio.

    Abraço

    ResponderEliminar
  4. Difícil votar ao mesmo tempo prevendo o futuro da alma de uma candidato. Mas deixar de votar nunca! Amei dois post atrás sobre idolo pés de barros. Pretendo postar futuramente sobre idolos e penso +ou-igual. Você adotaria alguém? Prazer em conhecê-lo. bj

    ResponderEliminar

Obrigado pela visita. Agradeço o seu comentário.