quinta-feira, 9 de outubro de 2008

Magalhães - Computador Português ? - Episódio III

Oposição acusa Ministério da Educação de intimar autarquias a pagarem modems e Internet do Magalhães

O deputado do PSD Agostinho Branquinho acusou hoje no Paralmento o Ministério da Educação de intimar as autarquias a pagarem modems e ligação à Internet dos computadores Magalhães distribuídos a alunos do primeiro ciclo do ensino básico.
Durante um debate no Parlamento sobre educação agendado pelo PSD, Agostinho Branquinho considerou que "o Governo ainda não explicou, e era bom que explicasse, quem vai pagar os custos reais do Magalhães".

Agostinho Branquinho disse saber que "o Ministério da Educação mandou para todas as câmaras do país propostas - aquelas pressões que não são bem pressões - para pagarem os modems, que custam 45 euros, e a totalidade ou parte da assinatura anual da Internet, que se eleva a 250 euros".

O deputado e vice-presidente do grupo parlamentar do PSD acrescentou ter a informação de que "a Direcção Regional de Educação do Norte (DREN) comunicou às escolas que deviam dizer quais eram as situações anómalas, ou seja, quais as autarquias que não vão participar, para que a DREN pudesse intervir".

A Associação Nacional de Municípios Portugueses reuniu ontem de emergência e aconselhou hoje as autarquias a não pagarem as facturas que estão a receber, noticiou hoje a TSF.
(Fonte: Público)

A máscara está a começar a cair.
O Governo quer que as Câmaras Municipais paguem as despesas. Depois do dinheiro das operadoras telefónicas, querem o dos Municípios.
Como diz, e bem, António de Almeida, do blogue Direito de Opinião : Eleitoralismo com dinheiro alheio !!!
Aguardemos os próximos episódios. Estou crente de que a novela irá continuar.

1 comentário:

  1. Se a atitude fôr : NÃO PAGAMOS, NÃO PAGAMOS...lá vamos a assistir a mais um recuo precipitado...
    Ai essa Directora...
    Há hospitais adequados !

    ResponderEliminar

Obrigado pela visita. Agradeço o seu comentário.