quinta-feira, 3 de julho de 2008

Florbela Espanca - Miguel Falabela

A beleza da poesia portuguesa com o maravilhoso e doce sotaque brasileiro