quarta-feira, 25 de junho de 2008

Machado de Assis (1839-1908)


Escrever num blog é, na maioria das vezes, produzir pequenas crónicas. A propósito de um tema ou de uma ideia escrevemos o que pensamos; a propósito de uma história contada ou de uma notícia lida, divulgamos, expressando o nosso ponto de vista.
A grande vantagem do blog é que não temos censores que nos espartilhem, para além da nossa própria consciência.
Por enquanto, felizmente...

Vem este intróito a propósito do centenário da morte de Machado de Assis, um dos maiores vultos da lusofonia escrita.
Quem sou eu para escrever sobre um dos maiores escritores brasileiros ? Não o vou fazer, obviamente. Outros, mais próximos dele, que o façam, pois terão certamente mais conhecimentos do que eu.
Mas não quero deixar de lhe prestar homenagem e deixar aqui um dos parágrafos, na minha humilde opinião, mais bem concebidos, que lhe conheço:

"Não posso dizer positivamente em que ano nasceu a crônica; mas há toda a probabilidade de crer que foi coetânea das primeiras duas vizinhas. Essas vizinhas, entre o jantar e a merenda, sentaram-se à porta, para debicar os sucessos do dia. Provavelmente começaram a lastimar-se do calor. Uma dia que não pudera comer ao jantar, outra que tinha a camisa mais ensopando que as ervas que comera. Passar das ervas às plantações do morador fronteiro, e logo às tropelias amatórias do dito morador, e ao resto, era a coisa mais fácil, natural e possível do mundo. Eis a origem da crônica."

5 comentários:

  1. Realmente temos que ler Machado de Assis muitas vezes para tentarmos aprender a escrever.
    Eu tento escrever crônicas sobre acontecimentos que causam alguma angústia à população.
    Vim agradecer sua visita ao blog.
    Tenha um ótimo final de semana.

    ResponderEliminar
  2. Adoro Machado de Assis e te deixo meus votos de uma semana abençoada com este dizer do gênio:

    "Pensamentos valem e vivem pela observação exata ou nova, pela reflexão aguda ou profunda; não menos querem a originalidade, a simplicidade e a graça do dizer."

    ResponderEliminar
  3. LIVRO MEMORIAL DO BRUXO

    Se você gosta de Machado de Assis, conheça o livro MEMORIAL DO BRUXO, uma excelente biografia do “bruxo do Cosme Velho”, contendo inúmeras informações, anedotas e curiosidades a respeito da vida e obra do escritor. Basta clicar no link abaixo:

    http://clubedeautores.com.br/book/4900--MEMORIAL__DO__BRUXO

    ou visite o blog:

    http://machadodeassis-memorialdobruxo.blogspot.com

    ResponderEliminar
  4. Admiro muitíssimo Machado de Assis e quanto mais estudo suas obras, mais me apaixono e apreendo seus ideais.

    ResponderEliminar
  5. Que felicidade encontrar esse post, e esse blog!
    Estudo a crônica de Machado no Mestrado (a série "Bons dias!") e pretendo estudar as crônicas do Bruxo também no Doutorado.
    Tenho um blog relacionado a pesquisas sobre Machado de Assis, chamado "VARIOS CAPITULOS (um blogue machadiano)" Ficarei feliz se me seguir. Eu, de cá, já estou te seguindo.
    Abraço, Alex.

    ResponderEliminar

Obrigado pela visita. Agradeço o seu comentário.