segunda-feira, 16 de junho de 2008

David Mourão-Ferreira


Nasceu na cidade de Lisboa em 24 de Fevereiro de 1927 e faleceu a 16 de Junho de 1996. Escritor e poeta, licenciado em Filologia Românica pela Faculdade de Letras da Universidade de Lisboa em 1951, onde mais tarde, em 1957, foi professor, destacando-se como um dos maiores poetas portugueses do Século XX.
Mourão-Ferreira escreveu para vários jornais e revistas, dos quais se destacam a Seara Nova e o Diário Popular, e foi um dos fundadores da revista Távola Redonda. No pós-25 de Abril, foi director do jornal A Capital e director-adjunto do O Dia. No governo, desempenhou o cargo de Secretário de Estado da Cultura (de 1976 a Janeiro de 1978, e em 1979).
Foi autor de alguns programas de televisão de que se destacam "Imagens da Poesia Europeia", para a RTP. Autor de letras para vários fados entre os quais Barco Negro, Solidão, Madrugada de Alfama, Maria Lisboa, Abandono e Anda o Sol na Minha Rua, imortalizados pela voz de Amália Rodrigues.




As últimas vontades

Deixa ficar a flor,
a morte na gaveta,
o tempo no degrau.
Conheces o degrau:
o sétimo degrau
depois do patamar;
o que range ao passares;
o que foi esconderijo
do maço de cigarros
fumado às escondidas...
Deixa ficar a flor.
E nem murmures.Deixa
o tempo no degrau,
a morte na gaveta.
Conheces a gaveta:
a primeira da esquerda,
que se mantém fechada.
Quem atirou a chave
pela janela fora?
Na batalha do ódio,
destruam-se,fechados,
sem tréguas,os retratos!
Deixa ficar a flor.
A flor? Não a conheces.
Bem sei.Nem eu.Ninguém.
Deixa ficar a flor.
Não digas nada.Ouve.
Não ouves o degrau?
Quem sobe agora a escada?
Como vem devagar!
Tão devagar que sobe...
Não digas nada.Ouve:
é com certeza alguém,
alguém que traz a chave.
Deixa ficar a flor.

(David Mourão-Ferreira)

2 comentários:

  1. fico feliz com este blogue
    David M-F foi o meu mestre, que me dizia . "As palavras têm de ser saboreadas"....

    Um escritor de primeiro plano na Literatura e na poesia portuguesas.

    Bem haja onde estiver!

    ResponderEliminar

Obrigado pela visita. Agradeço o seu comentário.