sexta-feira, 25 de abril de 2008

25 de Abril de 1974 - E a gente acordou...


Cravo de Abrl


Que o poema seja microfone e fale
uma noite destas de repente às três e tal
para que a lua estoire e o sono estale
e a gente acorde finalmente em Portugal.

Manuel Alegre

2 comentários:

  1. Jorge,

    obrigado pela visita e comentário no DROPS!

    Forte abraço e bom final de Domingo.

    ResponderEliminar
  2. Excelente escolha para marcar a data e acordar o "pessoal".

    ResponderEliminar

Obrigado pela visita. Agradeço o seu comentário.