domingo, 25 de setembro de 2016

Jardim do Infante - Porto


Esta praça, em pleno Centro Histórico do Porto, homenageia o Infante D. Henrique — a mais importante figura do início dos descobrimentos portugueses — que, segundo a tradição, terá nascido nas proximidades, na chamada Casa do Infante, em 1394.

sábado, 27 de agosto de 2016

Ponte dos Suspiros


A Ponte dos Suspiros (em italiano: Ponte dei Sospiri) é uma ponte característica de Veneza, situada perto da Piazza San Marco sobre a Riva degli Schiavoni e liga o Palazzo Ducale às Prigioni Nove, o primeiro edifício no mundo construído para ser uma prisão.

Conhecido em todo o mundo, fotografado pelos turistas provenientes de todos os lugares, foi-lhe dado esse nome porque a lenda diz que, em tempos remotos, os prisioneiros ao atravessá-la, suspiravam por ser a última ocasião que tinham para ver o mundo exterior terreno.

Eu nunca lá tinha entrado. O contraste entre o Palácio e a Prisão é marcante e impressionante.

Só visto... e sentido.

terça-feira, 9 de agosto de 2016

Praia da Arrifana


Arrifana é uma praia portuguesa, situada junto da localidade homónima, no concelho algarvio de Aljezur.

Trata-se de uma praia com Bandeira Azul cujo areal se estende por 500 m. Na sua extremidade sul situa-se dentro de água uma rocha conhecida como a Pedra da Agulha, devido à sua forma vertical. Situa-se muito próxima do Forte de Arrifana.

Fica no fundo de uma enseada protegida por altas escarpas e é um dos "postais ilustrados" desta região - o casario da aldeia desce, pela encosta, quase até ao mar. Na falésia a norte, junto às ruínas do antigo forte, é possível apreciar uma das melhores vistas da região. Concorrida durante o Verão e frequentada por surfistas, durante quase todo o ano. Seguir a indicação na EN 120, pouco depois da saída sul de Aljezur.

É considerada como uma das melhores praias para a prática do surf e é muito utilizada por jovens e estrangeiros que procuram a beleza do local e as ondas para a prática desportiva.

Desde há 4 anos que o El Colesterol Restaurante bar se junta a Associação de Pescadores da Arrifana no último fim de semana de julho para produzirem duas festas já míticas na zona. A primeira (sábado) é da responsabilidade da Associação de Pescadores trazendo ao público animação e muita sardinha em honra da santa dos pescadores e no domingo uma festa com muita música para os mais novos com bandas de renome portuguesas e estrangeiras.

segunda-feira, 8 de agosto de 2016

Costa Vicentina

Clique na imagem para ver maior
A Praia de Monte Clérigo é uma praia no concelho de Aljezur, no Algarve, em Portugal. Faz parte do Parque Natural do Sudoeste Alentejano e Costa Vicentina. Dista cerca 9 km da sede do concelho, sendo uma das mais conhecidas e frequentadas da região.[1] É comprida com uma água limpa e fresca. Rochas grandes com caranguejos.

Com uma extensão muito grande de areal para o lado norte e com uma extensa parte rochosa a sul, local onde se pode observar diversa vida marinha na baixa-mar desde estrelas-do-mar, caranguejos, camarões, lapas e polvos nas fendas das rochas,vários cardumes juvenis de peixe também é possível ver principalmente de sargos. Há uma parte onde se forma uma pequena lagoa onde se pode encontrar peixes-aranhas há que ter muito cuidado.

Esta praia é boa para as crianças e também adultos, pois com maré muito baixa formam-se muitas piscinas. Apesar de esta praia ser algo aberta aos ventos vindos do norte e oeste, nos sues topos já muito abrigados.Entre a estrada e o mar existe um vasto campo dunar. Junto à praia lado sul, existe uma povoação pequena que serve sobretudo a época balneária.

Também muito procurada pelos desportos radicais que proporciona, existem escolas de surf.

O acesso à praia pelo lado norte proporcionamos uma das mais belas vistas panorâmicas que se pode observar em praias de Aljezur. O acesso a esta praia faz-se, na entrada sul de Aljezur, estrada nacional 120, a cerca de 7 km deste cruzamento fica a praia. A orientação é noroeste.

Tanques de Victoria Cruziana

Clique na imagem para ampliar

O género Victoria, cujo nome foi atribuído por Lindley, em 1838, em homenagem à Rainha Victoria, é constituído por apenas duas espécies de nenúfares gigantes: Victoria amazonica e Victoria cruziana. Estas espécies de plantas aquáticas, pertencentes à família Nymphaeaceae, são peculiares não só pela dimensão e morfologia das suas folhas mas, também, pela beleza das suas flores.

A espécie Victoria cruziana, comummente conhecida por nenúfar de Santa Cruz, foi nomeada em 1840, por d’Orbigny, em homenagem ao general Santa Cruz da Bolívia, e sobrevive em águas com temperaturas ligeiramente inferiores às exigidas pela espécie irmã Victoria amazonica (21oC a 24oC).

Trata-se de uma espécie de nenúfar com origem na América do Sul (Norte da Argentina, Paraguai, Brasil e Bolívia) que fora do seu habitat natural dificilmente é encontrada ao ar livre.

O Parque Terra Nostra, graças ao clima ameno dos Açores e à existência de recursos naturais, que permitem manter a água do lago a temperaturas ideais para a sobrevivência desta planta, torna-se assim num dos únicos jardins da Europa a possuir este nenúfar ao ar livre.

Os tanques de Victoria Cruziana são uma das atrações mais fotografadas pelos visitantes do Parque.